sexta-feira, 29 de julho de 2011

A imensidão do lado de dentro

         Hoje a noite, eu fiquei admirando o céu e me peguei pensando na imensidão do universo. Nós, seres humanos, nos limitamos as coisas tão pequenas que não paramos para perceber que a escuridão da noite é baseada na nossa própria vida,  pode estar escuro, mas existem as estrelas, mesmo que poucas, a luz da lua e o branco das nuvens para quebrar o negro. 
       Algumas pessoas, ou a maioria delas, não tem tempo para apreciar a beleza do céu, estão ocupados o bastante para se queixar da própria vida, mas se repararmos a beleza da imensidão reflete tudo que passamos do nosso lado de dentro. 
      Vou tentar ser mais objetiva, Por quantos problemas vocês já passaram? E quantas vezes eles se resolveram, de uma forma ou de outra? Os meus problemas, sempre foram resolvidos, apesar de tudo, eu ainda continuo sorrindo e apreciando a vida. O universo também é assim, por tantas vezes já deixei de sair de casa por causa daquela tempestade fortíssima, e logo quando amanheceu, o céu estava limpo e o sol estava batendo na minha janela, como se estivesse soltando a frase: "Acorda, vem aproveitar o lindo dia que eu preparei pra você." E assim como as montanhas, a vida tem seus altos e baixos, quem nunca passou por aquela crise de autoconhecimento pensando que nada nunca vai dar certo, e passado alguns dias de choro e atitudes rígidas, o telefone toca com uma boa notícia, você reencontra os amigos e começa a se dar bem na escola. 
      A verdade é que temos que conhecer a imensidão que existe do lado de dentro, só assim poderemos apreciar o universo. Só assim, poderemos ver o lado bom das chuvas, do sol forte, da maré alta, pois é reconhecendo nossas farpas e espinhos que saberemos lidar com elas. É entendendo o momento de  silenciar que aprendemos a ouvir o silêncio. 


" Das noites escuras, aos dias claros, a vida sempre vai continuar"

@lariidiniz

2 comentários:

Blog da Leleeh disse...

Adorei o seu testo, concordo plenamente com vc. pessoas por se preocuparem com coisas banais esquecem de valorisar o real sentido da vida

Acácio Neto disse...

Realmente, passamos por tantas coisas nessa vida, e sempre que nos deparamos com algumas pedras no caminho, acreditamos estar diante de uma montanha.

Se analisarmos a imensidão do universo, vemos que isso não é nada.

Abraços
Acácio Neto
www.acacioneto.com.br