quarta-feira, 6 de abril de 2011

As trilhas do destino.

       Por onde anda os teus traços? Em que caminho percorre todos os teus passos? Para que trilha caminha o teu horizonte?
       Como é doce o sabor do destino, as linhas que se cruzam em alguma parte da sua vida, saber que como a chuva caminha para cair ao chão, eu caminho até você.  Não importa as curvas, as estradas escuras, não se faz necessário levar em conta os passageiros que caminharam ao nosso lado, no final de alguma estrada, de algum caminho, é com a sua rua que a minha estrada vai cruzar.
      O tempo é forte, o destino concreto e não há nada que possa trapaceá-lo, no final você não encontra alguém perfeito, mas alguém apaixonante. E o destino se encarrega de entregar alguém que você nunca irá se separar ou alguém que você encontra e depois de uma vida longa sem aquele alguém, a sua estrada e a dela se tornam via de mão única. Não poderia ser coincidência, nem sorte, o amor sempre anda de mãos dadas com  o destino 

2 comentários:

Anônimo disse...

Incrível ...

Anônimo disse...

"não se faz necessário levar em conta os passageiros que caminharam ao nosso lado, no final de alguma estrada, de algum caminho, é com a sua rua que a minha estrada vai cruzar."