segunda-feira, 26 de julho de 2010

O doce e velho sabor.

            Quem nunca quando pequeno passou o fim de semana na casa dos avós? Onde lá se reunia primos, bagunças, as receitas mágicas da avó e as invenções loucas do avô. Hoje comemora o dia da juventude fora de hora, é no dia 26 de julho que é comemorado as histórias antigas, as cantigas para dormir, os doces, a animação fora de tempo. Comemora-se o dia dos avós.
          Um viva para os nossos grandes sábios, o nosso livro de histórias, o livro de receitas. Imaginem o tanto de coisa que se aprende com eles? A primeira oração se aprende com avó, as histórias que deixam dúvidas se são de verdade ou não, se aprende com o avô. Como é bom ter ao lado essas peças raras, como é bom relembrar tudo que já passamos ao lado deles. Eu  convivi 24h durante 11 anos com a minha avó e foram esses 11 anos iniciais que hoje tenho orgulho de ser quem sou, porque foi graça a todos os ensinamentos daquela senhora que consegui formar a minha forte personalidade. Um brinde a ela, por me educar da melhor forma, um brinde por ter brincado de casinha comigo, um brinde pelas suas guloseimas, um brinde pela sua bela e longa vida. Um brinde ao meu avô por ter me mostrado que não tem idade para juventude, que os anos vividos não alteram quando se tem que carregar um neto de cavalinho, um brinde a ele por ter sempre um real para me dar, pelas inteligentes pegadinhas e perguntas, um brinde pela sua juventude fora do tempo. Um brinde pela minha outra avó que me mostrou toda sua bondade, o seu companheirismo, um brinde pelo seu abraço sempre a me esperar, um brinde pelo seu delicado jeito de amar seus netos. Assim como não deixo de brindar a todos os avós que me encantam pelo seu modo tão auspicioso de viver a vida, por parecerem anjos ao proteger o neto. Felicito a eles por serem esse livro de conhecimento, lição, proteção e felicidade.  Não deixem de nos esperar pelo almoço de domingo, não se cansem de contar as suas fantásticas histórias, se permitam sempre a fazer aquele delicioso lanche da tarde e principalmente, nos ensine a amar a vida como vocês amam, porque se eu for lembrar de alguma lição de vida, é sempre a dos senhores que irei me lembrar.

Parabéns por esse belo cargo, ser AVÔ E AVÓ, parabéns por saberem fazer isso tão bem. Mesmo os netos que não tem os avós presente, guardam alguma história, alguma lição. Parabéns por se transformarem em eternos. 

12 comentários:

Macaco Pipi disse...

um dia seremos tão sábios quanto eles!

Macaco Pipi disse...

um dia seremos tão sábios quanto eles!

Muninho disse...

huhuhsau... muito bom! ^^

Muninho disse...

Realmente, o tempo nos ensina...^^

Wallace disse...

Nossa, parabéns aos avós e a você pelo belo texto. Com certeza os avós, bis-avós ou até tataravós são a base mais próxima que podemos conhecer a origem da nossa familia, principalmente pelas histórias em que eles nos contam, histórias que nem acreditamos as vezes de tão "modernos" que somos. Como o texto diz, um brinde a todos os avós que presentes ou ausentes fizeram nossos pais, para que assim possamos ser feitos. Esse é o maior presente, somos a herança de nossos avós.

Fábio Flora disse...

Todas as felicidades para vovôs e vovós do mundo! Eles que nos abastecem de carinho e guloseimas... Abraços e sucesso com o blog!

R.F. disse...

Bem lembrado!

Chegaremos lá e com muito vigor!

GRande abraço, parabéns pelo blog!

Quando quiser rir um pouco, passa lá no meu blog: www.rfpostando.blogspot.com

R.F. disse...

Estou na sua cola menina! Seguindo!

xP
Vou seguir no twitter "too"!

Jaquellinee disse...

q lindo
adorei

Adilson Guimarães disse...

Lindo.

www.catarseonline.blogspot.com

luipause disse...

Lindo demais...

Saudade da minha avó, que participou por 16 anos da minha vida, e deixou as melhores e mais marcantes lembranças de minha infância!!!

Parabéns pelo Blog, seguindo...

www.coisasaoavesso.blogspot.com

abssss

Coisas Estranhas Que Só Um Idiota Diz disse...

Um Brinde a VC por escrever tão delicadamente e lindamente... Parab'ens